Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Alunos da Escola Rosa Figueiredo lançam livro em homenagem ao Padre Alfredo Barbosa
6/7/2017 - Secretaria de Educação

Michael Sampaio



Um projeto para produção de textos em sala de aula mais a utilização de ferramentas de edição e publicação disponíveis na Internet resultou no surgimento de mais 43 poetas inéditos, que dão mostra de seus talentos em obra coletiva. Essa foi a equação que deu origem ao livro “Uma cidade, um padre, um amor”, coletânea de poemas produzidos por alunos da Escola Municipal Rosa Figueiredo de Lima.

O livro teve como motivação as homenagens prestadas ao Padre Alfredo Barbosa dentro do Ano Cultural, organizado pela Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc). Quem orientou e organizou a coletânea foi o professor de Língua Portuguesa, Bruno Tostes Brandão Lopes.

“Uma de nossas turmas foi convidada para ir a um evento de lançamento do Ano Cultural, e lá ficamos sabendo que deveríamos fazer alguma atividade em torno da vida do homenageado. Então, em comum acordo com os alunos, ampliamos a ideia que já tínhamos de produzir um livro. Os alunos toparam, abraçaram a ideia e se prontificaram a produzir textos. Todos os estudantes do 6º ao 9º ano produziram seus sonetos e foi muito difícil selecionar os poemas. O princípio do projeto nasce da homenagem ao padre, à cidade de Cabedelo e ao amor que o homenageado tinha por essa cidade”, explicou o organizador do livro.

Amor à poesia – É perceptível entre os alunos participantes a satisfação e o o orgulho em ter seu nome no elenco dos autores. O processo de produção, desde o principio, compõe o depoimento de Andreiany da Silva Brito, 14, aluna do 9º ano, que falou de sua experiência e expectativa quanto ao exercício poético.

“Fomos à palestra no Cabedelo Clube e lá ficamos sabendo detalhes da vida do padre, como ele tratava as pessoas no seu cotidiano, o que os familiares relataram sobre ele, como era a convivência, como ele amava a cidade de Cabedelo e, assim, fomos pegando as inspirações. Captamos bem o que eles apresentaram, juntamos com nossas ideias, nossas emoções e lançamos nossas no papel. Todo mundo participou e esta sendo um sucesso. É um grande privilégio estar no livro porque, particularmente, eu não imaginava que minha poesia ia estar lá. Quando o professor revelou que meu nome estava entre os autores fiquei sem reação, porque é minha primeira poesia em livro. É uma experiência maravilhosa. Espero que venham outros livros e que eu possa participar”, destacou.

Recentemente premiada em concurso estadual de poesia, a aluna do 9º ano, Kaline Pereira Lopes, também está entre os autores do livro, e falou sobre a experiência com a publicação e a produção poética.

“Foi uma experiência legal e divertida. Dá uma sensação boa saber que está entre os autores do livro. Após diversas pesquisas, com a ajuda do professor, consegui chegar a uma conclusão sobre o que eu queria fazer. Fiz o meu poema de acordo com o que eu achava da vida do padre Alfredo e o que ele era. Minha história com a poesia começou aqui na escola mesmo, quando, no 7º ano, aconteceu um projeto sobre poesias. Vi ali que gostava muito de poesias e fui produzindo mais. Depois que ganhei o Maré de Poemas, senti mais amor pela poesia e vi que era uma das coisas que eu mais queria fazer na vida”, concluiu.  

Alternativas – Bruno revelou que a produção do livro é fruto do trabalho desenvolvido em sala de aula. Além do investimento na didática dos projetos, a prática da interdisplinaridade proporciona um ambiente em que a participação e o rendimento dos alunos são notáveis. 

“Quando cheguei para trabalhar no Rosa, percebi que o nível dos alunos é um pouco superior ao que a gente encontra em outras escolas. A escola conta com uma direção com uma linha de pensamento correta em relação à gestão escolar, e isso facilita o trabalho do professor, porque precisamos desse apoio. Nesse caso, os alunos abraçaram a causa. São alunos esforçados que querem ir para uma faculdade, que almejam um futuro, que querem ter um diploma. Além disso, recebemos todo apoio da coordenação pedagógica e da Seduc que, com o convite para participar de um projeto como o do Ano Cultural, dá oportunidade para gerar frutos tão bonitos como a edição desse livro”, comentou.

O professor Tostes revelou, ainda, que a utilização de ferramentas disponíveis em sites na Internet é uma alternativa para autores ou instituições que não dispõem de recursos para lançar suas obras por editoras e gráficas convencionais. Neles, além de autor, a pessoa ou grupo interessado tem que realizar todo processo, desde revisão até a concepção e produção das capas.

O livro “Um cidade, um padre, um amor” já se encontra a venda em dez livrarias online, e pode ser adquirido aqui. Para ter acesso, basta  entrar na página e realizar o cadastro. O livro custa, atualmente, cerca de R$ 35,00, e o prazo de chegada leva de 5 a 10 dias.

Secom Cabedelo





Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Outubro Rosa 2017
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180